Exemplo de como não fazer um gráfico

Edward Tufte é um especialista em visualização de dados e tem excelente dicas. Vamos ilustrar com um exemplo do que não fazer:                                                                                                    

Erros:

– O título e os valores foram representados mais de uma vez, são redundantes

– Título com uma fonte rebuscada, sem necessidade alguma

– Duas casas decimais, sem necessidade

– Um gráfico elegante é o que tem a maior razão informação / tinta utilizada. As linhas horizontais e verticais do gráfico acima não contribuem em nada, assim como os eixos com valores na horizontal e vertical

– As cores estão colocadas aleatoriamente, não transmitem informação alguma

Informação demais, e redundante, atrapalha, é poluição visual.

Observe como o gráfico limpo, somente com o necessário, é muito mais agradável.

Vide outras dicas em:

Padrões em círculos

É possível criar padrões extremamente intrincados, a partir de construções simples.

No VBA, é possível desenhar um círculo com o seguinte comando.

    ActiveSheet.Shapes.AddShape(msoShapeOval, 25, 25, 15, 15)

(parâmetros: posição x e y, tamanho na direção x e tamanho na direção y)

Para trocar cores da borda, preenchimento do círculo, etc, normalmente uso o “gravar macro” e reaproveito o código.

Utilizando apenas círculos com raios pequenos, é possível criar uma malha formada de pontos.

(Versão em Excel (https://1drv.ms/x/s!Aumr1P3FaK7joCmnhqOUkgQfqrwW), e versão JS D3 em: https://asgunzi.github.io/Padr-es-em-C-rculos/PadroesCirculos.html)

https://ideiasesquecidas.files.wordpress.com/2022/05/circulos01.png?w=1024

Se o raio de cada ponto for aumentado, e com o raio vermelho levemente maior que o azul.

Começa a ficar interessante quando os raios aumentam a ponto de se tangenciar.

https://ideiasesquecidas.files.wordpress.com/2022/05/circulos03.png?w=1024

Aumentando mais ainda.

https://ideiasesquecidas.files.wordpress.com/2022/05/circulos04.png?w=1024

E assim sucessivamente:

https://ideiasesquecidas.files.wordpress.com/2022/05/circulos05.png?w=1024

Padrões diversos formados aumentando mais ainda os raios:

https://ideiasesquecidas.files.wordpress.com/2022/05/circulos06.png?w=1024

https://ideiasesquecidas.files.wordpress.com/2022/05/circulos07.png?w=1024

https://ideiasesquecidas.files.wordpress.com/2022/05/circulos08.png?w=1024

São desenhos de alta complexidade, feitos a partir de um padrão simples de círculos.

https://ideiasesquecidas.files.wordpress.com/2022/05/circulos09.png?w=1024

Vide planilha, para criar estes e outros padrões.

É necessário ativar macros para funcionar.

Veja também:

https://ideiasesquecidas.com/

Gráfico animado no Excel

É possível criar um efeito de animação, num gráfico de Excel, usando VBA.

O truque aqui é deixar o gráfico final criado, apagar os dados, e via VBA, colar cada número separadamente. Um problema possível pode ser atualizar rápido demais. A fim de dar tempo para atualizar, utilizar application.screenupdating = true, para cada iteração, ou mandar um comando doevents.

Efeito final:

Vide planilha em https://1drv.ms/x/s!Aumr1P3FaK7joCe9r2N_wg8nGIeT

Ideias técnicas com uma pitada de filosofia
https://ideiasesquecidas.com/

Veja também:

Como criar MiniGráficos no Excel

Um truque muito bom e fácil para visualização de dados é a utilização de minigráficos, como os abaixo.

Cada linha de dados é plotada num minigráfico, que ocupa uma célula do Excel.

Para utilizar esse truque, basta selecionar os dados e Inserir -> Minigráficos -> escolher algum deles.

Depois é possível formatar cores, etc.

Vide arquivo aqui (https://1drv.ms/x/s!Aumr1P3FaK7jn30AJG0to5c7DxtX).

Ideias técnicas com uma pitada de filosofia
https://ideiasesquecidas.com/

A Espiral de Ouro

Como criar o gráfico da Espiral de Ouro, utilizando fórmulas do Excel e gráfico bolha?

A Espiral de ouro é feita plotando sucessivos pontos em coordenadas (raio, ângulo) = (raio + delta raio, ângulo + delta ângulo), onde o delta ângulo é dado pelo “ângulo de ouro” de 137,5º, o equivalente angular da regra de ouro, a “proporção divina”.

No Excel, uma tabela onde o raio cresce a uma velocidade constante, e o ângulo sempre somando 137,5.

Para transformar as coordenadas polares em coordenadas cartesianas, é só tirar o cosseno e seno.

Inserir -> Gráficos -> escolher gráfico bolha.

Vai aparecer um gráfico estranho como o seguinte. Deletar a série plotada para plotarmos a série correta.

Com o gráfico vazio, clicar com o botão direito -> Selecionar Dados…

Em adicionar, escolher os valores de x, y, e tamanho da bolha:

Ainda assim, ficou uma nuvem esquisita:

A resposta para isso é que as bolhas estão grandes demais.

Em Formatar séries de dados, existe a opção de tamanho máximo da bolha. Colocar um valor menor:

A seguir, é só formatar cores, bordas, tirar eixos, etc

Para velocidade angular de 137,5, a proporção áurea, dá o belo formato a seguir.

Vide arquivo aqui: https://1drv.ms/x/s!Aumr1P3FaK7jn1mUlDm7OLClJT9C

Se deslocar um pouquinho para cima ou para baixo, já vai virando uma espiral comum.

Ângulo de 138 graus:

140 graus:

90 graus:

É por isso que a razão áurea tem esse nome, é por causa do padrão bonito formado por tal proporção, tanto na arquitetura grega quanto na espiral de ouro.

Mexa no painel interativo, escrito na biblioteca D3 do Javascript:

https://asgunzi.github.io/Espiral-de-Ouro/

Sobre o Golden Angle:

https://en.wikipedia.org/wiki/Golden_angle

Ideias técnicas com uma pitada de filosofia

https://ideiasesquecidas.com/

Gráfico Cascata, Bridge ou Waterfall

O gráfico em Cascata, Bridge ou Waterfall é bastante utilizado na época do orçamento. Seguem três formas de fazer

1 – Versões mais recentes do Excel têm um gráfico desses nativo, em Inserir -> Gráficos -> Cascata.

Só tem um truque adicional. Para definir quais colunas são de total, e não para somar e subtrair: selecionar apenas a coluna que queremos, clicar com botão direito e marcar a opção “Definir como total”.

  1. Para versões anteriores do Excel, segue um template em anexo.

Essencialmente, é um gráfico em barras empilhadas, com a primeira pilha transparente.

Basta preencher as células amarelas. É possível eliminar ou expandir colunas, seguindo a mesma fórmula.

Outra dica é pintar os negativos de vermelho (manualmente).

Opção 3: Google Sheets

Também é muito simples.

É necessário ter uma conta no Google, e acessar Google Sheets. É um clone de Excel, mas do Google, e em clound.

Para criar o gráfico, basta inserir os dados, depois Insert -> Chart. Escolher o Waterfall chart.

https://docs.google.com/spreadsheets/d/1Qj83YL_bGZVdanNVHn3WIvvTbefyZ6uT1KmksS67O6E/edit?usp=sharing

Outras sugestões, fiquem à vontade para contribuir.

O Trello-Excel

Trello é um painel onde podemos visualizar e mover tarefas. É uma ferramenta bacana .

Em Excel, dá para fazer algo do tipo, e ainda fazer link com dados na planilha! Seria um “Trellocel”, ou “ExTrello”.

O primeiro passo é inserir um shape.

Clicar no shape, e na barra de fórmulas, referenciar a célula (no caso, B4).

É possível mudar cores, formatações gerais, etc.

Um coisa legal também é estar linkado com os dados da planilha. Mudando a mesma, o texto do shape muda também.

Link para download: https://1drv.ms/x/s!Aumr1P3FaK7jnyv4ez06CbntIszv?e=ey7WAY


Ideias Analíticas Avançadas
Um mundo melhor através do Analytics

Gráfico animado com figuras

É possível utilizar alguns truques para criar um gráfico animado como o da figura.

Primeiro, criar um gráfico de barras empilhadas.

O campo “Aux” só serve para criar a parte de cima da barra, que vai virar o foguete.

Depois disso, clicar com o botão direito na barra que vai virar imagem -> Preenchimento -> Imagem…

Escolher a imagem a colocar.

É possível mudar individualmente a imagem de cada barra, para dar um efeito mais divertido.

Segue arquivo no One Drive: https://1drv.ms/x/s!Aumr1P3FaK7jnwHzdWAxF83nzLzN.

Um post correlacionado é o seguinte:

Como criar um dashboard bilíngue no Excel

Dica para transformar um painel Excel em bilíngue.

Primeiro, é necessário ter de antemão uma tabela, com as traduções. Pode ser em outra aba.

No painel principal, inserir dois botões de opção (Desenvolvedor -> Inserir -> Botão de opção).

No caso, este referencia a célula S1 – se a primeira opção for escolhida, o valor é 1, se for a segunda, 0.

Na coluna S, tem uma fórmula SE: se a célula S1 for um, busca a tradução em inglês, se dois, em português, para cada campo.

Depois, é só fazer os campos do dashboard referenciarem os valores buscados no passo anterior.

Vide arquivo no One Drive: https://1drv.ms/x/s!Aumr1P3FaK7jnn-4ASEEopKsMx58.

Ideias técnicas com uma pitada de filosofia

https://ideiasesquecidas.com

Três formas diferentes de colocar imagens no Excel

É uma dica que pode ser útil para criar dashboards ou criar uma narrativa com dados.

Planilha para download: https://1drv.ms/x/s!Aumr1P3FaK7jnnnJL6sijAVhd_Ts

1 – Imagens em Shapes

Clique num shape, depois Formatar-> Preenchimento de forma -> Imagem

Escolher a imagem

E o shape fica preenchida com a imagem.


2 – Imagens em gráfico.

Clicar no gráfico, Formatar -> Preenchimento de forma -> Imagem

E o gráfico ficará com a figura ao fundo


3 – Plano de fundo

Clicar em Layout de página -> Plano de fundo

Escolher a imagem e aplicar:

Forgotten Lore – Ideias técnicas com uma pitada de filosofia (ideiasesquecidas.com)